Foi lançada oficialmente no dia 26 de outubro, a norma ABNT NBR ISO 56002:2020 – Gestão da Inovação – Sistemas de Gestão da Inovação – Diretrizes, que fornece orientação para o estabelecimento, implementação, manutenção e melhoria contínua de um sistema de gestão da inovação para uso em todas as organizações estabelecidas. O evento foi transmitido pelo canal da ABNT no Youtube (abntweb)  e pode ser conferido no link (https://www.youtube.com/watch?v=34Gss5tfzy8).

A ABNT NBR ISO 56002 é uma adoção idêntica, em conteúdo técnico, estrutura e redação da ISO 56002:2019, que foi elaborada pelo Technical Committee of Innovation Management (ISO/TC 279). A versão brasileira da norma foi elaborada pela Comissão de Estudo Especial de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (ABNT/CEE-130), que participou ativamente do desenvolvimento da norma internacional na International Organization for Standardization (ISO).

A capacidade de inovação de uma organização é reconhecida como um fator-chave para crescimento sustentado, viabilidade econômica, aumento do bem-estar e desenvolvimento da sociedade.

Os potenciais benefícios da implantação de um sistema de gestão da inovação de acordo com a norma são:

  • maior capacidade de gerir incertezas;
  • aumento do crescimento, receita, rentabilidade e competitividade;
  • redução de custos e desperdícios e aumento da produtividade e eficiência de recursos;
  • maior sustentabilidade e resiliência;
  • maior satisfação de usuários, clientes, cidadãos e outras partes interessadas;
  • renovação sustentada do portfólio de ofertas;
  • pessoas engajadas e com poder de decisão na organização;
  • maior capacidade de atrair parceiros, colaboradores e financiamento;
  • reputação e valorização aprimoradas da organização;
  • conformidade facilitada com os regulamentos e outros requisitos pertinentes

A palestra contou com a participação de José Augusto Pinto de Abreu, coordenador da Comissão de Estudo Especial de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) - (ABNT/CEE-130), que falou sobre a ABNT NBR ISO 56002; a consultora Verena Hitner Barros, do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), que falou sobre construção da Política Nacional de Invoação, e com o moderador Reinaldo Ferraz, especialista em Planejamento e Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação. Além disso, o presidente da ABNT, Mario William Esper fez a abertura, explicando um pouco sobre as atividades da ABNT durante essa pandemia e as contribuições feitas com as Práticas Recomendadas.

Para conferir a apresentação de José Augusto Pinto de Abreu, clique aqui.

Para conferir a apresentação de Verena Hitner Barros, clique aqui.